O louvor do canto e da música na Liturgia

O Canto é um admirável tesouro nas Celebrações Litúrgicas. A música e o canto sempre estiveram ligados à oração. Na Bíblia aparecem muitas vezes o convite para cantar e agradecer ao Senhor, citando-se a utilização de instrumentos musicais (arpa, flauta, tambores…). Os salmos são poesias “musicais” da Bíblia que podem ser acompanhadas pela música. A música tem de tributar “glória” a Deus e ajudar os fiéis a entrar em diálogo com Deus.

Na liturgia, o canto une as pessoas, anima e dá vida à celebração. Facilita passar de “uma só voz” a “um só coração”, e, finalmente, a “uma só alma”, como podemos observar na espiritualidade das primitivas comunidades cristãs. Podemos, pela liturgia, unir nossa voz à dos anjos, sendo realmente nosso canto exultação de um povo feliz e redimido.

Quando a Igreja reza e canta, Cristo está presente, manifestando-se melhor a fé celebrada na Liturgia da Igreja.

“…com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantai de todo o coração a Deus a vossa gratidão”
Col 3, 16b

Coro das 11h30 da Igreja da Sagrada Família (Paroquial)

O Coro da Eucaristia dominical das 11h30, na Igreja Paroquial, existe há cerca de 40 anos. Desde a constituição da Paróquia, as celebrações dominicais eram animadas pelo Coro formado por elementos do Grupo de Jovens. Ao longo da década de noventa e início do novo milénio, o grupo (na época Fons Vitae) era renovado com a participação de vários jovens, em que a maioria eram oriundos dos Grupos de Jovens na Paróquia, em que nessa época tinham como responsável Hélder Dias. Foi neste período, que o Coro não só animaria as celebrações de Missa Nova do Pe. Rui Tereso e Irmã Sónia, como também colaborava com outros Coros. Participando ainda num intercâmbio de verão (agosto 2001), com o Grupo de Jovens da Paróquia da Ponta do Pargo, dinamizando celebrações e encontros com jovens e idosos, na Ilha da Madeira.

Em meados de 2004, os jovens adultos, ao terem de estudar e viverem fora, originou que não existisse nenhum grupo que alegrasse as Eucaristias dominicais. Neste período, e em concordância com o pároco de então, Pe. José Luzia, foi feito um apelo à comunidade com o propósito de se revitalizar o grupo.

Com este intuito, assumiu Isabel Freire a responsabilidade de motivar e incentivar um novo grupo de vozes e instrumentistas, para de uma maneira muito bela louvar Deus nas Eucaristias dominicais na Igreja Paroquial. Um desafio que foi aceite por muitos, e que tem motivado a entrada de novos elementos neste esforço de animação litúrgica na Igreja Paroquial.
Atualmente é constituído por cerca de 19 elementos, entre (vozes, instrumentistas e regentes), procurando ser uma presença, não só na comunidade que os acolhe, como na vida do grupo através de convívios, que apesar da diversidade de idades e experiência, caminha e cresce como uma grande família.

No âmbito da animação litúrgica, tem desenvolvido um trabalho próximo da Catequese da infância, sobretudo na Eucaristia dominical das 11h30, que embora destinada às crianças da Catequese, conta também com a participação da população da nossa comunidade.
Não deixamos de colaborar com dedicação, em eventos dos grupos paroquiais (festas, recolha de bens alimentares, festa dos Reis), assim como, nas festividades anuais em honra da nossa Padroeira Nossa Senhora dos Remédios.
A nossa contribuição encontra-se também presente, na preparação dos tempos litúrgicos do Advento/Natal e Quaresma/Páscoa, e a convite, em celebrações de Matrimónio, Batismo e Exéquias.

O Coro encontra-se recetivo a acolher quem o queira enriquecer com o Dom da sua Voz, ou instrumentalmente. Os ensaios são aos domingos às 10h na Igreja Paroquial antes da celebração das 11h30.

Se pretende inscrever-se ou saber mais informações poderá enviar um email para: coro.bobadela@gmail.com.

Contactos

Isabel Freire Caeiros
coro.bobadela@gmail.com

Horários

Ensaio ao domingo às 10h30
Animação da celebração de domingo às 11h30
Igreja da Sagrada Família

Coro da Igreja de Nossa Senhora dos Remédios

O objetivo de se constituir um grupo coral na Igreja da Nossa Senhora dos Remédios, foi com o intuito de impulsionar a participação dos fiéis nos cânticos litúrgicos nas Eucaristias dominicais, em virtude de os paroquianos sentirem a falta da animação litúrgica no decorrer das celebrações eucarísticas.

O grupo foi constituído em outubro de 2019, incentivado pelo Padre Marcos e pelo Diácono António Campos, ao lançar o desafio a um grupo de paroquianas, após várias tentativas no sentido de ser formado um grupo com alguma expressividade. Salientamos, que o grupo se encontra aberto à colaboração de todos os paroquianos que queiram participar neste ministério litúrgico (fazer do que cantam um testemunho público de fé). Os elementos que constituem o grupo e abraçaram esta missão com espírito de compromisso contribuindo, de uma maneira admirável de louvar a Deus, porque, cantar é rezar duas vezes e crescer na fé.

É evidente que este grupo não possui qualquer formação musical, eis porque nos encontramos recetivos à generosidade de quem pretenda integrá-lo e assim, se torne possível este ansiado projeto de canto litúrgico de ser um verdadeiro serviço ao Senhor e à Igreja.

Todos os esforços feitos por cantar bem na ação litúrgica são amplamente compensados com o esplendor e a alegria de uma celebração que glorifica Deus e edifica a comunidade cristã.

Venham ajudar-nos a tornar as nossas eucaristias cada vez mais belas, com a certeza de que com o vosso apoio tudo será mais fácil e belo. Ficamos à vossa espera!

Contactos

Lídia Porto
coro.nsremedios@gmail.com

Horários

Ensaio ao domingo às 17h
Animação da celebração de domingo às 18h
Igreja de N.ª Sr.ª dos Remédios

Coro da Igreja de Nossa Senhora da Paz

O Coro da Igreja de Nossa Senhora da Paz foi fundado em 2002, após desafio lançado às atuais responsáveis do coro: Cláudia Silva e Marina Silva, no sentido de promover e conduzirem o ministério do canto litúrgico, que aceitaram.

O grupo é no presente, composto por 13 elementos, os ensaios são semanais para que o grupo crie um ritmo que o leve a interagir e harmonizar-se. Todavia, com a situação de pandemia que estamos a viver, os ensaios encontram-se suspensos. Os cânticos são orientados pelo “Cantoral Nacional para a Liturgia”. Providenciamos sempre que possível estar presentes nas formações proporcionadas pela Vigararia e Diocese.

O grande objetivo do grupo coral para a Liturgia: ajudar a assembleia litúrgica e o povo de Deus a vivenciar e a participar, com todos os sentidos físicos e espirituais, no Mistério de Deus.

Assumimos o coro como instrumento ao serviço da comunidade, estando presente em todos os momentos importantes da Paróquia, procuramos crescer e ajudarmo-nos mutuamente nesta caminhada cristã.

Contactos

Cláudia Silva
Marina Silva

Horários

Ensaio ao domingo às 9h
Animação da celebração de domingo às 10h
Igreja de N.ª Sr.ª da Paz