Apostolado da Oração

O Apostolado da Oração (AO) é, antes de tudo, dispormo-nos interiormente para a missão de Cristo. Esta disponibilidade tem como fonte e modelo Jesus Cristo entregue a nós e por nós, que se faz presente continuamente na Eucaristia. Receber a Sua vida leva-nos a oferecer diariamente a nossa própria vida ao Pai.

O Apostolado da Oração é um caminho espiritual que a Igreja propõe a todos os cristãos, para os ajudar a ser amigos e apóstolos de Jesus Ressuscitado na nossa vida diária, e despertar neles a capacidade missionária. Leva-nos a uma aliança de amor pessoal com Ele, simbolizada no seu Coração.

O Apostolado da Oração é uma rede mundial de oração a serviço dos desafios da humanidade e da missão da Igreja, expressos nas intenções mensais de oração do Papa. Rezar por estas intenções abre-nos os olhos e o coração à dimensão do mundo, fazendo nossas as alegrias e esperanças, as dores e os sofrimentos de todos os nossos irmãos e irmãs.

Em Portugal, em cada Diocese existe um Diretor diocesano e em cada paróquia um Diretor espiritual que é o pároco.

A Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, pertence à diocese de Lisboa e tem como Diretor diocesano o Pe. Dário Pedroso. Como Diretor espiritual Pe. Marcos Castro e como Presidente o Sr. António Luzia. Existem ainda sete zeladoras que têm como missão manter uma relação com todos os associados, divulgando mensalmente o que se pretende na oração proposta pelo Santo Padre, Papa Francisco. Este grupo existe na paróquia desde 1985.

A divulgação é feita através da revista ‘O Mensageiro do Coração de Jesus’ e dos bilhetes mensais, que são distribuídos nas nossas paróquias. Continuam a ser ferramentas para chegar a um público muito alargado.

Na nossa Paróquia, o Centro do Apostolado da Oração está a reorganizar-se com a situação atual do Covid-19 para que a oração que é o coração da Igreja continue com a expressão que lhe é própria.

A lembrar os três momentos do dia:

  1. No início do dia – entregarmos as obras ao Coração de Jesus
  2. À tarde –  ler um texto bíblico, em oração contínua
  3. À noite – fazer um exame de consciência, rever o dia e onde podemos melhorar

Rezar o terço todos os dias, com meditação da Palavra.

A importância do grupo de oração para a nossa vida

No grupo de oração, Deus fala-nos da vontade de se nos revelar. Deus quer salvar-nos a todos pessoalmente, contudo esta salvação dá-se em comunidade na Igreja.

Nunca estaremos sós no caminho espiritual. Deus, com carinho, escolheu pessoas especiais para se tornarem santas ao nosso lado. O Senhor sempre nos dará irmãos e irmãs que partilhem uma realidade de vida próxima à nossa para nos estender a mão, nos levantar e conduzir para o Caminho. O grupo de oração é o lugar, por excelência, onde isso ocorre. Nós somos erguidos pelos irmãos na oração comunitária, através de sua intercessão e também do uso dos dons carismáticos do Espírito Santo.

Dons de ciência, sabedoria, profecia e discernimento são vias que o Espírito de Jesus usa para responder as nossas orações, dúvidas, angústias, nos exortar e motivar, dentro do grupo de oração. Acima de tudo, o Senhor quer-nos dar uma experiência de amor através da Sua Majestosa presença, como nos diz São Paulo em Cor 13, 8-10:

O amor jamais acaba. Há dons de profetizar, mas eles desaparecerão. Há dons de falar em várias línguas, mas eles cessarão. Há o conhecimento, mas ele desaparecerá. 9 Estas coisas acabarão, porque tanto o conhecimento que agora temos como o que recebemos por meio da profecia ainda não estão completos. 10 Porém, quando vier a perfeição, aquilo que não está completo acabará”.

A caridade que é o amor, permanecerá para sempre. A nossa experiência verdadeira com o amor de Jesus permanecerá para sempre, e é esta experiência que o Senhor anseia dar-nos no grupo de oração: do amor que nos é comunicado e nos muda por completo.

Rede Mundial de Oração do Papa

Vaticano: Papa celebra 175 anos do Apostolado da Oração, elogiando exemplo português

“É necessário que a missão da Igreja se adapte aos tempos e use as ferramentas modernas, que a técnica disponibiliza. Trata-se de entrar nos areópagos modernos para anunciar a misericórdia e a bondade de Deus”
Papa Francisco

Ver notícia